A Conjuntivite é mais frequente no verão

po20fev

A conjuntivite é caracterizada inflamação da conjuntiva, membrana que reveste a parte da frente do globo ocular e também o interior das pálpebras.

A doença pode ser provocada por alergia, vírus, bactérias, dentre outros.

Dentre os principais sintomas, podemos destacar a coceira nos olhos, olhos vermelhos e lacrimejantes, sensação de areia ou ciscos, secreção amarelada quando a infecção é causada por uma bactérias ou esbranquiçada quando a infecção é causada por vírus, pálpebras inchadas e grudadas ao acordar e  visão borrada.

A doença pode acometer um ou ambos os olhos, podendo durar de 7 a 15 dias.

A conjuntivite alérgica não é contagiosa e é provocada pelo ácaro, acometendo mais as crianças.

Já a conjuntivite viral e a bacteriana são transmitidas pelo contato com as mãos, secreção ou objetos contaminados, sendo que a viral mais frequente no verão.

Para evitar a contaminação, algumas medidas são imprescindíveis:

Evite coçar os olhos em locais com grande aglomeração;

Lave as mãos com frequência e use álcool em gel;

Evite locais fechados e

Não compartilhe maquiagem, toalhas, óculos de sol ou piscina.

O tratamento será estabelecido de acordo com o tipo de conjuntivite e somente um oftalmologista está apto para diferencia-las.

Em caso de sintomas, procure seu especialista e nunca realize automedicação.

Ressalta-se que, as crianças merecem uma atenção especial, conjuntivites não tratadas podem resultar em úlceras na córnea dos pequenos com mais facilidade que em adultos.