Aversão à luz pode estar associado à doenças oculares e sistêmicas

Hospital-de-Olhos-Fotofobia-o-que-e-essa-condicao-e-como-trata-laA fotofobia é uma condição visual que faz com que o indivíduo reaja quando seus olhos estão expostos à claridade, seja ela natural ou artificial.
Esse comportamento é caracterizado como intolerância patológica ao estímulo luminoso, provocando desconforto visual pelo excesso de luminosidade no globo ocular.
Na maior parte dos casos, a fotofobia ocorre devido a fatores congênitos, como ausência de pigmentos no fundo do olho e casos de aniridia (ausência da íris).
Pessoas com olhos claros, como azul e verde, podem desenvolver os sintomas de aversão à luz, pois as camadas dos olhos de tons claros absorvem menos luz que os de cores comuns.
Porém, nem sempre a fotofobia ocorre de forma natural, podendo ser desencadeada tanto por problemas visuais quanto por causas sistêmicas.
Algumas inflamações oculares (como uveítes e reações pós-operatórias), alterações na retina (como doenças degenerativas e albinismo) ou lesões corneanas (como arranhões e ceratites), podem provocar fotofobia.
Sendo assim, a fotofobia é considerada um sintoma e não uma doença.
Procure seu oftalmologista e relate a aversão à luz para que seu problema possa ser investigado e, se for o caso, tratado da melhor maneira possível.